Klepsidra é contra a
Guerra no Iraque

Dezembro 2002 - Janeiro 2003
ISSN 1677-8944
ANO III
Nº 14

Editorial

    Klepsidra entra em sua 14ª edição em clima de festa. No último semestre, três de seus membros; Carlos Ignácio Pinto, Danilo José Figueiredo e Gabriel Passetti; concluíram o Bacharelado em História e, dessa maneira, vêm somar-se a Renato Pignatari, que já havia concluído o seu em setembro de 2002. Essas formaturas muito mais do que alegrar os próprios formandos e a “família Klepsidriana”, começam a mudar a cara da revista. Ela que antes era uma publicação não-oficial de alunos de graduação, na última edição tornou-se oficial, com a aquisição de seu ISSN e agora passa a ser muito mais uma revista de Historiadores do que de alunos.

    Outro dado importante que vem ligado a esta edição é o aumento de nosso quadro de colaboradores. Além de Olívia Pavani Naveira, que já vem contribuindo com Klepsidra há várias edições, nesta edição estão textos de Ana Teresa Marques Gonçalves e Gilmar Moreira Gonçalves que colaboram pela primeira vez.

    Por fim, queremos ressaltar que a reportagem de capa desta edição não tem apenas uma importância que se esgota em si, mas uma muito maior dada as atuais e recentes descobertas arqueológicas submersas nas costas de Cuba, cuja notícia pode ser vista nesta mesma edição. Essas descobertas ameaçam por em cheque a teoria de que os Olmecas (povo cuja cultura nos é apresentada na referida reportagem) teriam sido a primeira cultura urbana das Américas.

    Vale a pena conferir. Boa leitura.

                        
Danilo José Figueiredo
 
 
  Reportagem de Capa
História da América Pré-Colombiana

 Em “Olmecas: o Elo Perdido da Mesoamérica”, Danilo José Figueiredo, baseado nas mais recentes descobertas arqueológicas sobre essa civilização, cria um mundo Olmeca quase palpável construído na base da análise das descobertas, da comparação com as tradições da Mesoamérica e, sobretudo, na abstração. O texto não se pretende definitivo, nem tão pouco verdadeiro; nele, seu autor apenas se propõe a realizar uma interpretação arqueológica possível sobre essa civilização que, de fato, mudou a história da Mesoamérica.



História do Brasil

 Leopoldina, Imperatriz do Brasil, a "Dama dos Trópicos",foi imortalizada na História do Brasil. Criada na refinada corte Habsburgo, transladou-se ao Brasil atrás do casamento com Pedro, herdeiro do trono imperial português. Figura importantíssima na emancipação política brasileira, Leopoldina passou a conviver com a infidelidade de Pedro com Domitila de Castro, a Marquesa de Santos. Após nove partos (entre eles, Pedro II), falece no Rio deixando a população comovida. Essa história é narrada por Gilmar Moreira Gonçalves.   




História da América Latina

 Após oito décadas no poder, o PRI sai finalmente do poder no México. É o final da "Ditadura Perfeita" e a chegada da "Democracia Americana" ao México, com a entrada deste no NAFTA, com o processo de privatizações e o crescimento rápido da força do Exército Zapatista de Libertação Nacional. Vicente Fox, ex-diretor da Coca Cola, assume a Presidência e termina com o domínio priísta no México. Leia uma introdução a esta história, escrita por Gabriel Passetti.
 
 

História Antiga

 Dion Cássio é uma das principais fontes para a compreensão de diversos aspectos do Império Romano, entre eles "A idealização da figura do Imperador Romano",o que pode ser reconstituído a partir do debate Agripa - Mecenas. Ana Teresa Marques Gonçalves, doutoranda em História Econômica pela USP, é a encarregada de levar-nos a este interessantíssimo assunto.


 

História Contemporânea

 Marco Antunes de Lima trabalha em "As origens do futebol na Inglaterra e no Brasil" com o surgimento do futebol moderno na Inglaterra no século XIX, sua regulamentação e transposição ao Brasil. O mito de Charles Miller,o surgimento dos primeiros times de elite, os times de operários e imigrantes e a profissionalização do esporte que atualmente é o mais popular do mundo.



História do Tempo Presente

Em "Infanticídio, Parricídio e Joseane: A História da Revisão de Conceitos", Danilo José Figueiredo compara três crimes que abalaram a sociedade brasileira nos últimos meses. Com essa comparação, o autor vis nos mostrar que só há um Reality Show: a própria vida.
  
 

Resenha

 Em "Visões da Liberdade: uma história das últimas décadas da escravidão na Corte", Sidney Chalhoub, professor e pesquisador da Unicamp analisa as leis que gradativamente foram libertando os escravos a partir da segunda metade do Século XIX, a importância dos próprios escravos neste processo, seus medos e influências. Olívia Pavani Naveira pesquisou por três anos o tema da escravidão negra no Brasil e resenha esta importante obra.


 
 
Notícias Históricas
20/Mai - Seminário "Ontem ilustres, hoje
desconhecidos"

12/Mai - IV Semana dos Museus
28/Abr - V Jornada Setecentista
21/Abr - Evento Um Incômodo, na PUC-SP
Leia e Assine nosso
Livro de Visitas
Receba informativos grátis no seu e-mail:
Procure textos a partir da nossa
Busca por Palavras-Chave